Raças

Humanos:

Só faz bobagem e arranja problema. Pode ver.
Guia de Costumes – Tito Escabero, diplomata halfling.

Vocês sabem como é um humano.

Anões

Tumblr m8kniw lsgz1qkjiuro2 1280

Vocês não entendem a dimensão das coisas. Se todos os anões marchassem sobre a terra, minha dúvida não é se esse ou aquele reino seria capaz de resistir às suas armas, mas se o próprio chão seria capaz de resistir à sua marcha.
Joaquim de Sá Neto em discurso ao Senado Federal.

Os anões (também chamados de estônicos) são seres com corpos baixos, largos e musculosos. Tradicionalmente, são criaturas ordeiras, tendo sido a primeira sociedade a se organizar politicamente, fundando o Reino Estônico mais de seis mil anos antes do primeiro reino humano e que hoje possui um território maior que o próprio continente de Lutétia.

O mito do anão como uma criatura gananciosa e até sua concepção como um ser ordeiro,passou por um sério baque em 511 E.C., quando uma greve de mineradores por melhores condições de trabalho rapidamente tomou proporções absurdas e resultou na Revolução Carlicóvica. Após um período de guerra civil, isso significou a queda da dinastia dos Kostoch e na instauração, em 528, de um governo centralizador que aboliu a propriedade privada e adotou um modelo econômico planificador Uma das características mais curiosas desse governo é a forte propaganda contra aquilo que considera os principais paradigmas do antigo reino: (i.) a força da religião – principalmente do culto deus da justiça – que hoje costuma ser vista como uma magia com mais supersticiosa e (ii.) o uso da barba.

Muitos anões, porém, insatisfeitos com o governo comunista, fugiram para a superfície, onde costumam ser extremamente valorizados como ferreiros e guerreiros.

Elfos

200px fourth edition dungeons and dragons elves
Pali não precisa desse tipo de gente. Mate-os se voltarem.
-Dogjaeja, rei de Pali sobre a migração para o oeste

Os elfos são um povo esguio caracterizado pelas suas orelhas pontudas. Uma raça que se desenvolveu de forma isolada no continente de Pali, tendo em até cem anos atrás feito apenas meia dúzia de viagens ocasionais até Lutétia. Apesar disso, vários historiadores defendem que a civilização humana surgiu a partir da cultura élfica e que o próprio idioma comum é derivado de uma versão primitiva do élfico.

Enquanto os elfos, por serem raramente vistos chegavam a ser consideradas criaturas mais míticas do que reais, nos últimos anos as coisas mudaram. Em 1299, com a ascensão ao poder do Rei Dogjaeja e a queda do Conselho dos Vinte e Três, milhares de elfos ligados ao conselho ou opositores ao novo regime passaram a ser perseguidos. Graças a isso, passou a ser cada vez mais frequente, que vários fossem enviados a oeste para fugir do governo, mas também de colonizar aquele continente que, em termos élficos, estava desocupado.

Halflings

“Vossa Majestade Federal, reitero que meu povo não tem interesse em manter a cidade de Vista Serrana, mas apenas os territórios que sempre pertenceram ao Condado. Oferecemos a paz e, em troca, pagamos, como tributo a Vossa Majestade, cinco bergamotas.”
- Christie, líder militar halfling

Os halflings, são seres pequenos que habitam tocas. Normalmente tidos como algum tipo de variação dos anões, eles sempre habitaram o centro-norte do continente, na região chamada de Condado.

Sempre considerados pacíficos os últimos anos acabaram provando que esse mito também era falso. Em 478 E.C. uma disputa por terras propícias para o plantio de bergamotas com o reino federado de Vista Serrana acabou em um conflito militar com toda a federação. Em função da falta de poderio militar dos halflings, seus soldados costumavam portar apenas uma armadura de couro, um par de facas, um saco de pedras e uma grande habilidade para se esconder, o que gerou no inconsciente coletivo a figura padrão do halfling.col 1

Halflingzb4

Raças

A Maça de Cuthbert Azul84 Azul84